Item adicionado ao orçamento


A importância de novas tecnologias para testes de estanqueidade de gás

Gostou? compartilhe!

A importância de novas tecnologias para testes de estanqueidade de gás



Tanto em processos operacionais na indústria, como no uso diário de equipamentos domésticos, há riscos de vazamentos e escape de vapores, muitas vezes imperceptíveis a olho nu, o que demanda vistorias frequentes, procedimentos de segurança e a realização de testes específicos.


E entre todas essas necessidades, vale destacar a importância dos testes de estanqueidade em redes de gás, o que tem sido muito otimizado nos últimos tempos, graças ao advento e ao investimento de empresas especializadas no desenvolvimento de equipamentos modernos e eficientes.


E é justamente sobre esse tema que iremos abordar ao longo do post! Vamos conferir?

Quais vantagens de novas tecnologias para testes de estanqueidade?

Com o passar dos anos, os testes de estanqueidade de gás evoluíram e agregaram novas tecnologias e métodos inovadores, o que consequentemente, tem entregado resultados e análises muito mais amplas e eficientes a essas empresas.


Além disso, há também questões como a atualização de normas e de procedimentos de segurança exigidos pelos órgãos fiscalizadores, que se tornam cada ano mais exigentes e demandam por análise ainda mais específicas e direcionadas, o que requer testes de estanqueidade mais eficientes.


Sendo assim, para entender melhor quais são os benefícios agregados pelas novas tecnologias em testes de estanqueidade, nós listamos o seguinte:

Mudança do analógico para o digital

Ainda que muitos testes de estanqueidade possam ser realizados de forma analógica, novas tecnologias já existem e permitem resultados ainda mais assertivos e com altíssima capacidade técnica para identificar riscos e vazamentos por meio eletrônico e digital.


Na prática, o teste de estanqueidade eletrônico visa rastrear todas as condições de um equipamento e atividade, verificando a existência de furos ou espaços que podem acarretar o escape de gases, tudo de forma automática.


Por outro lado, no processo analógico o operador (olho humano) dará o veredito (aprovado ou reprovado). Neste sentido, itens como erros de paralaxe, fadiga, possível insatisfação do empregado com a empresa e problemas pessoais podem ser variáveis e poderão somar negativamente ao resultado final.

Atualização de normas

Como bem destacado, outro fator de importância para o uso de novas tecnologias em testes de estanqueidade é a questão da atualização frequente de normas e procedimentos de segurança, que podem ser exigidos em cada área de atuação.


Logo, novos equipamentos e métodos de testagem já podem estar aptos a atender às necessidades dessas normas e evitar determinados riscos de acidentes e prejuízos, assim como multas, penalidades e interdições pelo não cumprimento das regras.

Resultados em nuvem

Em tempos de indústria 4.0, as novas tecnologias em testes de estanqueidade também acompanham a transformação digital e, hoje, já é possível contar com soluções muito mais práticas, seguras e dinâmicas, não somente durante as testagens, mas também nos processos de análise de resultados, transferência de arquivos, comunicação etc.


Isso porque atualmente os resultados dos testes são armazenados em nuvem, o que dispensa custos com armazenamento de arquivos, riscos de perdas e dificuldades em rastreamento de históricos.

Assertividade nos ensaios

Por fim, uma outra vantagem indiscutível agregada pelas novas tecnologias em testes de estanqueidade é a questão da maior assertividade nos ensaios testados.


Na prática, o teste de estanqueidade eletrônico visa rastrear todas as condições de um sistema ou aparelho, verificando a existência de furos, fissuras ou vedações danificadas que podem acarretar o escape de gases, tudo de forma automática.


Em resumo, essas são algumas das principais vantagens agregadas pelas novas tecnologias em testes de estanqueidade de gás. A Tex, além da realização desse tipo de teste, também desenvolve equipamentos de alta capacidade técnica e com sistemas avançados.


O MCG4, por exemplo, é uma solução desenvolvida mediante necessidade do maior player do mercado de GN em São Paulo, e que atende as normas vigentes abnt15526 abnt13723, trazendo inovação, segurança, rastreabilidade dos dados e confiabilidade para os testes de rede de GN e dos aparelhos instalados nas residências e comércios.


Quer saber mais sobre soluções modernas de testes de estanqueidade? Então, converse com um de nossos especialistas e confira o que a Tex tem a oferecer.


(Imagem: divulgação)



Gostou? compartilhe!